TUTORIAIS DE PROGRAMAS GRáFICOS

Tutoriais De Programas Gráficos

Tutoriais De Programas Gráficos

Blog Article

Muitas Opções Por ti Elaborar Seus Próprios Avatares De Protagonistas Famosos E Caricatos!


Quando era guria, Julia Pott, 27, se juntava à irmã e desenhava as histórias que amaria de sonhar antes que caísse no sono e pesadelos invadissem tua mente. Era tudo ideia da mãe das garotas, que desejando protegê-las das noites de sustos e xixi na cama, importunava a criatividade das duas para que tivessem devaneios mais leves, entretanto não menos fantasiosos. Foi dessa maneira que Julia conheceu um detetive mergulhador que tentava derrubar um rei de nome Titan. Contudo bem como foi por causa dos pesadelos, ou da tentativa de evitá-los, que ela encontrou no desenho uma atividade “incrivelmente calmante e ao mesmo tempo quase viciante” da qual não conseguiu mais se destacar.


Hoje ela ilustra, ganha a vida com os mesmos desenhos de tua infância, porém não apenas. Conversamos com a artista a respeito de carreira, planos, Nova Iorque e alterações inesperadas que colocam a vida em rumo mais feliz. A toda a hora se imaginou desenhando? Ou tentou novas coisas antes? Julia - Cheguei a reflexionar em novas coisas. Entretanto é porque tinha medo de não alcançar me sustentar financeiramente com os desenhos.


Contudo no encerramento decidi que prefiro combater e fazer o que eu adoro, do que me contentar com alguma coisa mais estável e a todo o momento estar tentando encaixar o que eu amo em meu tempo livre. Eu vi algumas pessoas optarem por esse caminho e elas a toda a hora parecem insatisfeitas, divididas em duas direções.


O que te inspira a desenhar? Eu emprego o desenho e a contação de histórias quase como um diário, trabalhando a partir de coisas que aconteceram comigo e tentando ceder sentido a elas. É uma atividade extremamente terapêutica. No momento estou obcecada com criaturas assutadoras, porventura as que povoaram minha infância, e coisas estranhas que se relacionam com nossas vidas diárias.


Como casar o visite a seguinte página de internet estranho com o mundo diário. Como você começou a fazer videos? O que despertou este desejo? No momento em que eu estava estudando ilustração uma professora comentou, “a ilustração é só uma partida fora do ponto, e você a toda a hora podes imaginá-la se movendo e tentar descrever uma história. Senti que aquilo era com o objetivo de mim e fui tentar fazer vídeos.


E amo revelar histórias e acho que fazer videos é a melhor plataforma pra esta finalidade. Que outros artistas você admira e são referência pro seu trabalho? Eu a toda a hora fui uma extenso admiradora de diretores de cinema. Eu sou uma diretora de cinema presa em um corpo de animadora. Assim sendo minha fonte são os vídeos.


  • 2 Passo a Passo para fazer caricatura no aplicativo Flash Face

  • Vídeo:De Onde Vem o Raio e o Trovão? (1)

  • dezoito - Sinceridade

  • BISCOITO GATINHO • STEVEN Mundo

  • Filme:Saiba como plantar violetas em utensílios de cozinha (1)

  • Use duas contas de Whatsapps no mesmo smartphone

  • Filme:CAPITAL NATURAL - Extinção das espécies (1)

  • Dash says



Eu amo como o diretor Rob Reiner e o John Hughes filmam e em como fazem comédia romântica nostálgica. link da minha infância também possui uma grande influência, como os clássicos Gremlins e ET. Amo observar terror, carinho e comédia. clique em seguinte site da internet é outro fantástico ponto de partida para ideias. Eu gosto das obras de Kurt Vonnegut, Irving Jon, Haruki Murakami e JD Salinger. Uma linha brilhante em um livro poderá acender meu cérebro para uma idéia pra um novo video. Como a mudança pra Nova Iorque influenciou seu serviço?


Nova York montou uma plataforma completamente nova para a minha forma de trabalhar. Vivendo aqui eu sinto que estou vivendo numa comédia romântica dos anos noventa - é tudo tão icônico e as pessoas são muito diferentes do que estou acostumada no Reino Unido. Eu acho que sair do meu povo e vir pra Nova Iorque inspirou uma mudança no meu trabalho. E ela me fez corajosa e meu trabalho tornou-se deste modo também. Como é seu recurso criativo? Se eu estou iniciando uma animação amo de atravessar uma extenso fração do tempo criando a história. Acho que algo pode ser realmente elegante, no entanto se a história não é potente, você não pode segurar a atenção dos espectadores.


Escolher um personagem é como escolher um namorado - você precisa adorar dele o bastante pra almejar ver para ele por um espaço significativo de tempo, cotidiano. Você fica confinado neles. Cada vídeo parece a toda a hora um pouco mais forte que o anterior, visto que há mais em jogo.


Você está colocando um pouco mais de si mesmo lá fora, e deixar-se vulnerável, que podes ser espantoso e emocionante. Em seus vídeos, podemos ver desenhos com modo infantil, no entanto assuntos adultos e intensos. Por que adicionar estes 2? Eu a toda a hora encontrei a animação como um todo poderá ser menos difícil de digerir do que de ação ao vivo. Quando você está lidando com assuntos adultos e miséria, se ele está envolvido por esse pacote mais acessível a mensagem é menos dura, menos difícil de engolir, contudo ainda presente. Gosto de encapsular horror, humor e tristeza em todos os meus vídeos visto que são todos partes da vida.

Report this page